Cordas de Guitarra: como e quando mudar

Cordas de Guitarra: como e quando mudar

Poucas coisas sabem tão bem como tocar numa guitarra com cordas novas. Tudo soa bem, há cor em cada vibração, a tensão é a certa e não há desafinações ao longo do braço (desde que esteja tudo devidamente calibrado, mas isso é outra conversa). É tudo tão bom que ficamos sempre a pensar porque é que não trocámos de cordas mais cedo.

Muitas vezes é porque não prestamos atenção a estes sinais, que estão mesmo debaixo dos nossos dedos, até ao mais óbvio de todos:

Uma corda partiu-se

Tudo bem, têm a guitarra apenas para tocar em casa, não estão com vontade de ir ao Salão Musical (sabem que podem comprar jogos de cordas no nosso site, não sabem?), até acham que não vos faz falta. A verdade é que uma corda faz muita diferença, não só na execução mas também no equilíbrio do instrumento. Colocar uma corda nova no meio das velhas deverá ser sempre uma solução de recurso, e temporária.

As cordas estão duras e sujas

Esses bends já não saem tão facilmente como antes? Os acordes custam mais a fazer? Há uma camada de corrosão a cobrir o que era um belo conjunto de linhas cromadas e brilhantes? Sentem a fricção quando deslizam os dedos sobre as cordas? Está na hora de trocar.

A afinação não se mantém

Ao longo do tempo, com as variações de tensão pelo uso ou pela própria reacção do instrumento a alterações de humidade, as cordas vão perdendo a capacidade de se manterem afinadas. Mas vejam sempre se não será um problema de calibração ou dos afinadores. Se tudo estiver bem com o vosso instrumento, há ali uma loja no Largo do Carmo que tem as cordas certas para vocês.

O brilho perdeu-se

Não o vosso brilhantismo, mas o brilho no som. Deixaram de vos ouvir no apartamento ao lado, os acordes soam baços, as notas longas nos vossos solos parecem perder o fôlego. Está na altura de fazer a substituição e colocar um novo jogo.. Agora que já conhecem os sintomas, vamos mostrar como se cura a doença.

Como trocar de cordas numa guitarra elétrica

Primeiro, dirigem-se à loja física ou online do Salão Musical para escolher o jogo de cordas mais indicado para o vosso instrumento e estilo musical. Se não tiverem as ferramentas necessárias, nós temos. Depois, sigam as instruções deste vídeo (é mais fácil ver fazer do que ler). É de uma marca de que gostamos muito e que já tem uns anos disto:

No final, afinem tudo bem afinado, e toquem. Estão a ver que não custa nada?

Publicado no dia 2017-06-23 por Salão Musical de Lisboa Cordas 0 3883
Tag: Cordas

Deixar um comentárioDeixar uma resposta

Tem que ter a sessão iniciada para poder comentar este artigo.

Procurar no blog

Categorias do blog

Sem produtos

A ser calculado Portes de envio
0,00€ IVA
0,00€ Total

O preço incluí IVA

Pagar