Pratos Essenciais

Pratos Essenciais

Este é um artigo inteiro dedicado a culinária. Não é nada, estamos a brincar, mas se tivermos uma ideia sobre cozinha musical faremos um. Este é dedicado aos pratos essenciais que precisam de ter na vossa bateria.

Se já conhecem a anatomia da bateria, então sabem que podem ter de um a mil pratos de todas as dimensões e feitios para dar aquela acentuação característica de tantos ritmos, como os latino-americanos. Como não achamos que tenham espaço para dezenas de pratos no vosso kit, vamos falar dos que são essenciais para tocar qualquer estilo, mais um ou dois para começarem a expandir a vossa colecção.

Os pratos de bateria são feitos de latão ou bronze, normalmente têm uma forma circular, alguns são perfurados e outros parecem discos voadores, e servem funções específicas dentro da estrutura rítmica. Apesar da sua variedade quase infinita, os três essenciais são:

Prato de Choque

Os pratos de choque - no plural porque são dois, virados um para outro e assentes num suporte controlado por um pedal, que os afasta um do outro - são um dos elementos mais importantes de uma bateria. O facto de esse afastamento criar uma maior diversidade sonora, faz com que sejam usados de diferentes formas ao longo das músicas.

Vejam os pratos de choque Istanbul em acção para perceber como podem ser usados.

Crash

O nome diz tudo. Muito utilizado para acentuações e saídas de breaks, este é um prato que serve para atacar tempos fortes. Um bom baterista acaba por usá-lo em frases rítmicas mais complexas, aproveitando o som cheio que dá. Às vezes é confundido com o Ride, mas vamos já deslindar isso e esclarecer essa pequena confusão, tão comum entre bateristas iniciados.



Ride

O ride, como os pratos de choque, é usado para dar pulsação ao ritmo, mas como costuma ser o prato maior, tem um som mais brilhante, e essa transição da pulsação do prato de choque para o ride dá outra textura a partes semelhantes de uma canção, mas com dinâmicas diferentes. Os principiantes fazem dele crash de vez em quando, mas vejam este vídeo e nunca mais vos irá acontecer.

Outros pratos populares são os china e o splash. O splash é um prato mais pequeno e discreto mas que é excelente numa transição entre pratos ou acentuações discretas que dão mais balanço ou uma dinâmica diferente.

O china é um prato com um som muito característico, que é muito popular entre bateristas que gostam de dar um efeito especial ao seu ritmo.



Agora que já sabem para que servem cada um deles, podem começar a vossa colecção de pratos com o Salão Musical de Lisboa. Basta só visitar o nosso site.

Publicado no dia 2018-05-30 por Salão Musical de Lisboa Percussão 0 2554

Deixar um comentárioDeixar uma resposta

Tem que ter a sessão iniciada para poder comentar este artigo.

Procurar no blog

Categorias do blog

Sem produtos

A ser calculado Portes de envio
0,00€ IVA
0,00€ Total

O preço incluí IVA

Pagar