Como fazer a manutenção da guitarra acústica

Como fazer a manutenção da guitarra acústica

Se forem como a maioria dos guitarristas, a vossa guitarra acústica está sempre exposta aos elementos, a ocupar espaço em cima da mobília ou atrás dela, pronta a ser tocada quando vos dá a vontade, nem que seja a meio de uma fatia de pizza.

As guitarras acústicas são instrumentos sensíveis. Com o tempo e o uso, os detritos começam a acumular-se no braço, as cordas ganham uma cor esquisita, o tampo perde o brilho original. E pior, pode perder a intonação, começar a ter um braço com a mesma inclinação de uma pista de NASCAR ou um arco digno do Robin dos Bosques.

Cuidar da guitarra acústica deve ser um hábito que todos os músicos deveriam ter. Não basta passar com um pano quando lhe trocam as cordas. Uma manutenção cuidada ajuda a manter a afinação, a qualidade sonora, o bom aspecto das madeiras e pode ajudar a prevenir danos estruturais.

Vejam como podem manter a vossa guitarra acústica nas melhores condições.

Prevenção

A prevenção é a melhor manutenção. Quando tocarem guitarra vejam se não têm os dedos gordurosos da fatia de pizza, ou se o casaco que têm vestido não tem um fecho ou botão que esteja a riscar ou mesmo a danificar a madeira.

Tocam com palheta mas a guitarra não tem um pickguard e está a começar a ficar com riscos debaixo da boca? Podem comprar e instalar o vosso. E se vão de viagem, um estojo mais resistente pode evitar danos catastróficos no vosso instrumento. São dos que costumam ter a guitarra em cima ou ao lado do sofá, encostada à parede da sala, sem mais nenhum apoio? Admiramos a vossa coragem, especialmente se têm animais de estimação, crianças pequenas ou vivem numa zona de actividade sísmica. O melhor será adquirirem um suporte que seja estável e mantenha a guitarra mesmo ali à mão, seja na parede ou no chão.

Outro factor a ter em conta é o ambiente. A temperatura e humidade demasiado altas ou demasiado baixas podem provocar danos estruturais irreversíveis ou um desalinhamento do braço, com a expansão ou retração da madeira. A exposição excessiva ao sol também pode prejudicar a estética do vosso instrumento e desvanecer as cores.

Cordas, carrilhões, pentes, pestanas e pinos

Antes de passarmos para a manutenção do corpo, vamos olhar para as partes amovíveis.

As cordas devem ser trocadas de acordo com o uso que lhes dão. Se tocam todos os dias uma hora por dia, então devem pôr cordas novas todos os meses para manter aquele som cristalino. Sabemos bem que a maioria dos músicos caseiros só troca de cordas quando partem, por isso vamos dizer que devem trocar de cordas de seis em seis meses ou, pelo menos, uma vez todos os anos.

A vida das cordas pode ser prolongada limpando-as depois de cada sessão com um líquido específico. Se querem saber como trocar as cordas da vossa guitarra acústica, vejam este vídeo, cortesia da Fender University.

As peças onde as cordas assentam também devem merecer a vossa atenção. Vejam se o pente e a pestana apresentam algum tipo de desgaste ou dano, que leve as cordas a não estarem bem colocadas ou a vibrar devidamente.

Verifiquem se os carrilhões estão bem seguros e não abanam. Muitas vezes basta só um toque de chave de fendas para que tudo fique em forma, mas se a vossa guitarra desafina facilmente, talvez o melhor seja comprar um conjunto novo de carrilhões.

Se a vossa guitarra tiver pinos para prender uma correia, vejam se estão bem apertados. Muitas vezes são eles os causadores de zumbidos e vibrações estranhas. Mas atenção: não os apertem com demasiada força porque podem estalar a madeira no ponto de aperto.

Os pinos que seguram as cordas são extremamente importantes. São eles que fazem com que as cordas se mantenham no sítio, por isso tenham cuidado ao removê-los quando trocam de cordas e tenham sempre uns extra para o que der e vier.

Limpeza

Para manter a vossa guitarra limpa e com bom aspeto, devem passar com um pano regularmente nas suas diversas superfícies e evitar tocar de mãos sujas. Mas, pelo menos duas vezes ao ano, ou na troca anual de cordas para os mais relaxados. devem fazer uma limpeza a fundo.

A maior parte das vezes, um pano ou uma toalha de papel com um produto de limpeza específico para guitarras e alguma paciência chegam. Se possível, usem sempre um produto específico para o limpar a escala, já que a madeira está exposta, ao contrário da madeira do corpo que tem sempre um acabamento de proteção.

Removam a porcaria que se acumula junto aos trastes com cuidado para não danificar a escala nem os trastes, usando um bocado de cartão ou um bocado de plástico. Ou, se forem mesmo muito corajosos, uma lâmina de barbear.

Não cortem os pulsos ainda, está tudo explicadinho neste vídeo muito tranquilizante que mostra como fazer uma limpeza a fundo à vossa guitarra acústica. Preparem-se para ir buscar a fita de pintura, a palha de aço e o rolo de papel de cozinha.

Visitem uma loja ou um técnico especializado

A vossa guitarra acústica pode beneficiar imenso de um novo setup, que pode influenciar desde a qualidade sonora à facilidade em tocar. Um luthier ou um técnico experiente pode fazer da vossa guitarra um instrumento muito melhor apenas com alguns ajustes.

Se o vosso caso ultrapassa a simples limpeza, ou se descobriram danos na caixa, nos trastes, ou se vêem que o braço está a entrar numa espiral, recomendamos que visitem um especialista que saiba como ajustar truss rods ou tapar aquele buraco que surgiu de repente na caixa. Ou não.

Conheçam a história de Trigger, a guitarra que acompanha o lendário Willie Nelson há décadas, pela voz do homem que lhe faz a manutenção desde sempre, ou neste artigo que conta a sua história a fundo.

Uma boa manutenção é que mantém a vossa guitarra viva e pronta a ser usada, sempre que for preciso e em topo de forma. Tomem conta da vossa. E se estão a pensar comprar uma nova, façam-nos uma visita, temos guitarras de todos os preços, para todos os gostos e guitarristas.

Publicado no dia 2020-02-19 por Salão Musical de Lisboa Cordas 0 178

Deixar um comentárioDeixar uma resposta

Tem que ter a sessão iniciada para poder comentar este artigo.

Procurar no blog

Categorias do blog

Sem produtos

A ser calculado Portes de envio
0,00€ IVA
0,00€ Total

O preço incluí IVA

Pagar