Música para fazer exercício e exercícios para músicos

Música para fazer exercício e exercícios para músicos

Uma boa playlist pode ajudar a dar a motivação extra para correr aquele quilómetro final, a energia para terminar a série no ginásio, para atingir a serenidade e o equilíbrio no yoga. 

Os benefícios do exercício físico regular são bem conhecidos: aumenta a flexibilidade e a agilidade, fortalece o sistema cardiorrespiratório, melhora o equilíbrio, aumenta a força e a resistência muscular, e promove um maior controle motor.

Os benefícios da música também são conhecidos mas, aplicada ao exercício, existem três elementos fundamentais que ajudam os praticantes de desporto, com uma playlist bem escolhida, a atingir os seus objectivos.

Batida

O ritmo é fundamental em qualquer atividade física. E como o ritmo é também uma parte fundamental da música, o ritmo certo pode ajudar a ter melhores resultados. Estudos provam que um ritmo regular e elevado ajuda a que os atletas o acompanhem durante mais tempo do que tentarem manter esse ritmo sem a ajuda de música. Esta sincronia promove a concentração e estabelece um objetivo - e um andamento - na mente do atleta.   

Quando escolherem a vossa música para fazer exercício, tenham em conta que ritmo querem ter e montem a vossa playlist de acordo com os vossos objectivos: uma sequência demasiado rápida no início pode retirar-vos energia para a parte final, por exemplo.

Textura

Cada estilo musical tem a sua textura e estética sonoras, o que influencia a nossa predisposição para a seguir. Há quem prefira o reggaeton para as aulas de fitness no ginásio, há quem goste de heavy metal e derivados para levantar ferro. Seja qual for a vossa preferência musical, é sempre bom escolher música de que se gosta, com o grau de agressividade indicado ao vosso temperamento e aos objetivos que querem atingir. 

O importante é que a música que ouvem seja do vosso agrado e não um fator de distração ou uma fonte de incómodo.

Letra

Se o ritmo e o género musical podem ser motivadores, ter uma voz de apoio (ou até de comando) ajuda muito. Tanto a We Will Rock You dos Queen - um clássico dos estádios de futebol - e as hakas do râguebi dos países do Pacífico têm a mesma função: criar uma mentalidade de superação. 

Escolham os cantores com a mensagem que fala mais alto ao vosso ouvido e vos ajudam a chegar mais rápido, mais longe e a ser mais fortes. 

A Time fez uma lista de músicas motivacionais para fazer exercício que está cheia de sucessos pop recentes, mas vamos destacar uma que é o hino da superação pessoal através do desporto, bem representada na série clássica de filmes Rocky

Exercício para músicos 

Os músicos também devem pensar em fazer exercício, para além do treino musical. Independentemente do instrumento que tocam, os músicos podem proteger o corpo de várias lesões que se podem tornar crónicas. Um músico é também um atleta, de certa forma, por isso é importante que esteja na sua melhor condição física.

Este vídeo mostra como é que podem usar o vosso equipamento musical como acessórios de ginástica. 

Ok, é capaz de não ter sido a melhor sugestão, mas serviu para aligeirar o ambiente.

Antes de qualquer concerto ou sessão de prática musical, é necessário fazer um pequeno aquecimento. Porque não fazer um aquecimento de corpo completo em vez das normais escalas? 

Este vídeo mostra uma série de exercícios que podem ser feitos em 10 minutos. São simples de fazer e, como são de aquecimento, não forcem o movimento. Se sentirem alguma dor, parem imediatamente. O objetivo é evitar lesões.

Esta é uma sugestão mais dirigida para músicos mas existem muitos outros vídeos que podem ser do vosso interesse. Há também apps de exercício que mostram como fazer um aquecimento físico completo. 

Agora que estão com os músculos quentinhos e as articulações mais soltas, podem passar para um conjunto de exercícios mais puxadinhos, ou não tivesse sido pensado por um baterista.

Se preferirem algo mais suave, mas que puxe por vocês, vejam esta série mais ligeira.

Caso estejam virados mais para o Yoga, esta sessão é muito acessível mesmo para iniciados. 

 

Depois do exercício físico ou musical, o melhor é relaxar com alongamentos. Assim, permitem que o corpo recupere mais depressa e sentir-se-ão melhores depois. 

Sejam músicos ou não, fazer exercício é apenas uma das componentes para uma vida melhor e mais saudável. Bons hábitos alimentares e de sono também fazem diferença na vossa condição física, assim como o abandono de outros maus hábitos como o tabaco ou o consumo excessivo de álcool.

O importante é que se sintam bem para poderem ouvir ou executar melhor a vossa música durante mais tempo.Ou para fazer música para motivar os outros a fazer exercício. Nós temos os instrumentos para que a possam tocar. 

Publicado no dia 2020-10-20 por Salão Musical de Lisboa Atualidade 0 108

Deixar um comentárioDeixar uma resposta

Tem que ter a sessão iniciada para poder comentar este artigo.

Procurar no blog

Categorias do blog

Sem produtos

A ser calculado Portes de envio
0,00€ IVA
0,00€ Total

O preço incluí IVA

Pagar