Como limpar instrumentos de sopro

Como limpar instrumentos de sopro

Pelas suas características, os instrumentos de sopro exigem cuidados de limpeza e manutenção regulares. É um hábito que todos os músicos devem criar, para evitar problemas no som e funcionamento do seu instrumento, mas também para não ficarem doentes.

Os instrumentos de sopro, por serem tocados com a boca, estão sujeitos à acumulação de saliva e de condensação no seu interior. Toquem madeiras ou metais, todos os instrumentistas de sopros sabem que uma limpeza cuidada é uma rotina tão importante como praticar escalas e arpejos. 

Não é só importante manter um bom aspeto exterior. A acumulação de resíduos no interior pode levar à proliferação de bactérias e provocar mau cheiro. Existe até uma condição pulmonar chamada pneumonite por hipersensibilidade que também é conhecida -  entre outros nomes comuns -  de pulmão de saxofonista, e é um problema que ocorre com a exposição a fungos residentes no bocal de instrumentos de sopro.

Por isso, zelar pela saúde do vosso instrumento é zelar pela vossa também.

Mas tenham atenção: cuidar do vosso instrumento não deve danificá-lo. Se tiverem dúvidas como limpar e fazer a sua manutenção, falem com músicos mais experientes, com os vossos professores ou maestros, ou dirijam-se a uma loja especializada.

A rotina de limpeza

O primeiro componente do instrumento de sopro é a boca do instrumentista. Cuidar da higiene oral e dentária é fundamental, pelo que devem lavar sempre bem os dentes antes e depois de tocar. 

Sempre que tiverem uma aula, um ensaio, ou apenas estiveram a praticar, devem limpar o vosso instrumento por fora com um pano, e por dentro também com a ajuda de acessórios especialmente desenhados para esse objectivo. 

As palhetas e bocais devem também ser limpas e desinfetadas, e deverão ser usadas individualmente. Ou seja, podem emprestar o instrumento, mas cada músico deve usar exclusivamente a sua boquilha ou bocal. As palhetas devem ser trocadas regularmente, porque têm a tendência para acumular bactérias e os bocais dos metais podem ser lavados todos os meses com água morna e sabão, e muito cuidado.

Vejam como podem limpar as boquilhas, neste caso de um clarinete, mas podem ser aplicadas a outros instrumentos de palheta. 

Como estes componentes são feitos em materiais diversos, é preciso usar os líquidos e panos certos para não os danificar.

Os bocais podem ser limpos com álcool isopropílico em spray. Basta espalhar sobre a peça e esperar que evapore. Depois, passem por água morna. No dia a dia basta passar com um pano, que também deve ser lavado regularmente.

O mais fácil será ver a recomendação da Yamaha para limpar um bocal.

Em resumo, a higiene diária do vosso instrumento de sopro deve seguir a seguinte rotina:

  • mantenham uma boa higiene oral;

  • lavem as mãos antes e depois de tocar, e antes de procederem à limpeza;

  • limpem o instrumento por fora com um pano suave, específico para o efeito;

  • limpem as boquilhas, bocais e palhetas. Depois de tocar, removam-nas dos instrumento para poderem secar;

  • usem os acessórios de limpeza para limpar o interior do instrumento;

  • arrumem o instrumento depois de completamente seco sempre dentro do estojo, para que não acumule poeiras;

A John Packer recomenda uma rotina de limpeza e manutenção para metais, um pouco mais elaborada devido à natureza mecânica dos pistões e rotações, que implica olear estes componentes com regularidade e com líquidos específicos.  

Se não querem arriscar desmontar o vosso instrumento, peçam ajuda a quem o saiba fazer.

Estes cuidados simples ajudam a manter os instrumentos de sopro numa boa condição sanitária, sem cheiros nem colónias de seres vivos lá dentro, e com bom aspeto. Mas, de tempos a tempos, é preciso uma limpeza mais profunda.

Encham a banheira

A primeira coisa que recomendamos é que não façam isto em casa. Estamos apenas a mostrar alguns métodos que são usados por músicos com experiência na limpeza e manutenção dos seus instrumentos.

É como ter um carro; podemos limpá-lo e assumir pequenas ações de manutenção, como verificar o ar dos pneus e manter o nível certo de óleo, mas há coisas que devem ficar na mão de mecânicos. E não há vídeos de YouTube que possam ver que ultrapassem o conhecimento e a experiência de um especialista. 

Se são daquelas pessoas que ficam sempre com peças extra depois de desmontar e montar coisas, levem o vosso instrumento a uma loja ou a um luthier de sopros. Sai mais barato que uma reparação profunda ou um instrumento novo .  

Mas, se querem saber como se dá banho a um instrumento de sopro, vejam este vídeo.  

 

Se este método for muito avançado para vocês - e é sempre melhor jogar pelo seguro - levem o vosso instrumento de sopro a quem já tenha feito limpezas mais profundas e o saiba desmontar e montar, sem o danificar. Estamos a repetir-nos mas temos que o fazer. 

Temos interesse em vender os nossos produtos, mas queremos que comprem de acordo com a vossa evolução técnica e musical e não porque estragaram o vosso instrumento. 

O canal BetterSax mostra também como podem limpar um saxofone - embora os princípios possam ser usados a outros instrumentos, e também porque o devem fazer. 

Manutenção anual especializada

Por muito cuidado e hábitos de higiene e limpeza que tenham com o vosso instrumento, devem agendar uma revisão completa todos os anos

O uso continuado e intenso leva ao desgaste de componentes, a amolgadelas e riscos no corpo e, no caso dos instrumentos de sopro com mecânicas mais complexas, começam a surgir folgas e desalinhamentos que só podem ser corrigidos numa oficina especializada. 

Esta técnica é a mais fácil de fazer: é só marcar na agenda com uma loja que ofereça este serviço ou um luthier de sopros. 

Kits de limpeza

No Salão Musical temos kits de manutenção da Dunlop para saxofone, trombone, clarinete, flauta transversal, trompa e trompete. Para olear pistões, rotações e bombas, temos os óleos certos, assim como muitos outros acessórios para instrumentos de sopro que irão tornar a vossa prática musical diária muito mais segura e higiénica. Muitos instrumentos já trazem um kit de limpeza incluído, mas podem ter um kit de limpeza dedicado com tudo o que precisam para uma limpeza diária.

E, mais uma vez, não façam operações complicadas de manutenção sem o apoio de um especialista. 

É sempre melhor jogar pelo seguro. 

Publicado no dia 2021-04-05 por Salão Musical de Lisboa Sopro 0 106

Deixar um comentárioDeixar uma resposta

Tem que ter a sessão iniciada para poder comentar este artigo.

Procurar no blog

Categorias do blog

Sem produtos

A ser calculado Portes de envio
0,00€ IVA
0,00€ Total

O preço incluí IVA

Pagar