Salão Musical de Lisboa Loja de instrumentos musicais desde 1958
Salão Musical de Lisboa Loja de instrumentos musicais desde 1958

Usamos cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Configuração de cookies

Costumização
  • Cookies de terceiros para fins analíticos.
  • Mostre recomendações personalizadas com base na sua navegação em outros sites.
  • Mostre campanhas personalizadas em outros sites.
Funcional (obrigatório)
  • Necessário para navegar neste site e usar suas funções.
  • Identifique você como um usuário e armazene suas preferências, como idioma e moeda.
  • Personalize sua experiência com base em sua navegação.

Fender Stratocaster: 70 anos de História

Publicado por2024-04-16 por 439
Guardar

Conheçam a história da Fender Stratocaster e os músicos que a tocaram.

A Fender Stratocaster é um dos instrumentos musicais mais populares de sempre, tão icónica que se confunde com a imagem que muitos têm de uma guitarra elétrica. 2024 é o ano da Stratocaster, ou melhor, dos seus 70 anos.

São muitas as histórias na História da Stratocaster, assim como são muitos os artistas que revolucionaram a forma de tocar guitarra com uma Strat nas mãos: Buddy Holly, Jimi Hendrix, Mark Knopfler, Eric Clapton, Cory Wong.

Pelo 70º aniversário da Fender Stratocaster vamos conhecer as suas origens e momentos marcantes e os nomes dos guitarristas que a elevaram ao patamar de símbolo incontestável das guitarras eléctricas.

Fender
Player Plus Strat MN 3TSB

Fender Player Plus Strat MN 3TSB

Índice

Origens da Fender Stratocaster

A criação

A evolução

Design e Características Técnicas da Fender Stratocaster

Músicos Famosos que Tocaram a Stratocaster

Jimi Hendrix

Eric Clapton

David Gilmour

Stevie Ray Vaughan

Buddy Holly

A Influência Cultural da Fender Stratocaster

Notas Finais

Origens da Fender Stratocaster

A criação

A guitarra mais famosa do mundo não é o primeiro modelo de Leo Fender, mas o segundo. Antes da Stratocaster houve a Telecaster, a primeira guitarra elétrica a ser produzida em série que ganhou popularidade pelo corpo sólido e configuração simples. Mas os músicos procuravam algo mais e Fender ouviu-os.

Coloquialmente conhecida como Strat, a Fender Stratocaster é um modelo de guitarra elétrica projetado entre 1952 e 1954 por Leo Fender, Bill Carson, George Fullerton e Freddie Tavares.

Foi um modelo revolucionário. Tudo começa no formato do corpo, que se tornou comum entre as guitarras elétricas, O corte duplo alongado e a ilharga fortemente contornada foram projetados para melhor equilíbrio e conforto ao tocar em pé, com a guitarra pendurada por uma alça.

Pela primeira vez, uma guitarra elétrica não se parecia com os modelos acústicos, e destinava-se para actuações num novo estilo em que o vocalista também tocava guitarra à frente de uma banda: o rock’n’roll.

Os três captadores ofereceram aos músicos maior versatilidade e escolha na qualidade do timbre em relação às guitarras elétricas anteriores, que só tinham um ou dois pickups. O braço de vibrato integrado na placa da ponte marcou uma melhoria significativa no design em relação a outros sistemas de vibrato, e abriu novas possibilidades expressivas que se tornaram elementos distintos em certos estilos musicais, como o surf rock.

Este design tornou-se um padrão da indústria devido ao sucesso da Stratocaster. A par da Gibson Les Paul, Gibson SG e Fender Telecaster, a Fender Stratocaster é um dos formatos de guitarra elétrica mais imitados por outros fabricantes, que as designam como guitarras tipo S ou tipo ST, sendo um modelo padrão para a indústria.

Fender
Vintera II 70S Strato RW SFG

Fender Vintera II 70S Strato RW SFG

A evolução

A Fender fabrica continuamente a Stratocaster desde 1954, mas as Strats de hoje, apesar de fiéis aos modelos originais, são muito diferentes.

A Stratocaster teve, ao longo dos anos, inúmeras variações. A natureza modular da guitarra, com seus componentes facilmente removíveis, permitiu que guitarristas e luthiers pudessem realizar modificações nas suas próprias guitarras, trocando captadores ou braços.

A Fender lançou vários modelos com diferentes configurações de pickups, e fez outras pequenas modificações na eletrónica, como mudar a chave seletora inicial de 3 posições do modelo original para uma chave seletora padrão de 5 posições, oferecendo mais variedade tonal.

Durante mais de 35 anos a Strat não sofreu muitas mudanças, com algumas alterações cosméticas aqui e ali, prova de que o design original da Fender estava correto. Usada em todos os estilos de música concebíveis, a popularidade da Stratocaster atingiu um pico durante a década de 1960 e outro na década de 1980, quando seu som limpo e cortante encaixava com os novos sons de sintetizadores.

Depois de 1965, sob o controle da CBS Instruments, a Fender viu uma queda nas vendas da Stratocaster, muito por causa da mentalidade de lucro a todo o custo da CBS.

A Fender Jazzmaster foi promovida como a guitarra principal da linha Fender, o que acabou por não correr muito bem. O ressurgimento da Fender Stratocaster deve-se muito à chegada de um tal de Jimi Hendrix no final dos anos 1960. O estilo e habilidades musicais notáveis de Hendrix levaram a um aumento dramático nas vendas e colocaram a Stratocaster na história musical como a guitarra das guitarras.

Fender
Vintera 50S Strat Limited Edition

Fender Vintera 50S Strat Limited Edition

O fenómeno da televisão, um aparelho que agora estava presente em todas as casa e que era o meio de comunicação de massa mais influente da época, fez com que a CBS colocasse a palavra Stratocaster na cabeça num tamanho maior para que as pessoas pudessem ler o nome do modelo mais facilmente.

Isto fez com que quase um quarto das Fender Stratocasters fabricadas desde sempre fossem feitas apenas num único ano: 1979. O aumento dos níveis de produção da década de 1970 viu um afastamento gradual dos instrumentos de alta qualidade da década de 1960, com o surgimento de outros modelos mais fiéis ao formato original que as próprias guitarras da marca, especialmente no Japão.

A CBS acabou por vender a Fender ao fim de 20 anos e, gradualmente, a Stratocaster redescobriu a sua identidade e relevância como guitarra elétrica moderna.

Do blues de chicago ao blues do Mali, do funk&soul clássico ao neo-funk e lo-fi, do rock mais agressivo à pop mais doce, a Fender Stratocaster encontrou, pela sua versatilidade tímbrica e definição sonora, espaço nos géneros musicais mais distintos, sendo um dos modelos mais procurados pelos músicos.

Design e Características Técnicas da Fender Stratocaster

Ser uma guitarra diferente não chega, é preciso que responda às necessidades reais dos músicos. O design único e as características técnicas que fazem da Fender Stratocaster uma guitarra icónica são:

  • Corpo Assimétrico com Duplo Recorte: O corpo assimétrico com dois recortes acima e abaixo do braço permite maior acesso aos trastes superiores e reduz a pressão no corpo, tornando a guitarra mais confortável de tocar.
  • Ponte Flutuante: A ponte flutuante da Stratocaster permite que o músico module a afinação e o tom, criando efeitos de vibrato e bend, para maior expressividade.
  • Três Captadores Single-Coil: A configuração de três captadores single-coil posicionados estrategicamente ao longo do corpo proporciona uma ampla gama de timbres, do suave ao mais agressivo.
  • Selector de cinco posições: foram precisos mais de 20 anos para a Strat ter uma maior variedade na selecção de pickups, passando de três para cinco em 1977, o que abriu um novo mundo de possibilidades a guitarristas de todos os estilos.
  • Raio de Escala Específico: O raio de escala de 241mm (9,5 polegadas) oferece uma curvatura ideal que facilita a execução de acordes e escalas.
  • Trastes Médios Jumbo: Os trastes médios jumbo proporcionam uma sensação de toque mais precisa e confortável.

Fender
Squier Sonic Strat MN SFG

Fender Squier Sonic Strat MN SFG

Músicos Famosos que Tocaram a Stratocaster

A Fender Stratocaster é uma das guitarras mais importantes da história da música, porque foi preferida por muitos músicos lendários como principal ferramenta de expressão. Aqui estão alguns desses músicos:

Jimi Hendrix

Jimi Hendrix é considerado como o maior guitarrista de todos os tempos, e sua associação com a Fender Stratocaster é parte integrante de seu legado. Hendrix revolucionou a forma de tocar guitarra, utilizando técnicas inovadoras de manipulação de feedback, uso extensivo da alavanca de tremolo e experimentação com efeitos de pedais.

A sua actuação no Festival de Woodstock em 1969, onde tocou o hino nacional americano, é um dos momentos mais emblemáticos da história do rock. Hendrix e a sua Stratocaster branca tornaram-se símbolos da liberdade de expressão e da inovação musical.

Eric Clapton

Eric Clapton é outro virtuoso da guitarra que escolheu a Stratocaster para manifestar os blues. Clapton é conhecido por seu tom expressivo e sua habilidade de mesclar blues, rock e uma variedade de outros estilos. A Stratocaster de Clapton, carinhosamente chamada de "Blackie", é uma das guitarras mais famosas do mundo. Clapton usava uma posição intermédia no selector de três posições nos modelos originais, para obter um som diferente, o que levou à criação dos seletores de cinco posições, que resolviam essa necessidade.

Clapton contribuiu significativamente para o legado da Stratocaster, com performances memoráveis em bandas como Cream, Blind Faith e sua carreira solo. A influência que teve na guitarra é imensa, inspirando gerações de guitarristas a explorar os limites do instrumento.

David Gilmour

David Gilmour é conhecido pelo seu estilo melódico e uso inovador de efeitos e técnicas de gravação, como guitarrista dos Pink Floyd. A Stratocaster é uma extensão da voz musical de Gilmour, criando paisagens sonoras que vão do etéreo ao emocionalmente carregado.

A Stratocaster de Gilmour criou alguns dos solos de guitarra mais lendários da história do rock, como "Comfortably Numb" e "Shine On You Crazy Diamond". A maneira como toca combina técnica com expressão emocional, o que fez dele um dos guitarristas mais admirados e influentes de todos os tempos.

A Black Strat de Gilmour é tão culturalmente relevante por o ter acompanhado em décadas de tournées e gravações que ficaram para a História que, em junho de 2019, atingiu o valor de 3,975,000 dólares em leilão.

Stevie Ray Vaughan

Stevie Ray Vaughan revitalizou o blues na década de 1980 com sua técnica de guitarra poderosa e apaixonada. A sua Stratocaster "Number One" transmitia emoção crua e energia quando tocada por Vaughan. Conhecido pelo vibrato intenso, bends precisos e velocidade de execução, Stevie Ray Vaughan influenciou guitarristas tanto de blues como de todos os estilos musicais.

Buddy Holly

Buddy Holly foi um dos primeiros músicos a trazer a Fender Stratocaster para a consciência colectiva. Combinando elementos de rockabilly, country e rock 'n' roll, Holly teve um impacto significativo na música popular, sendo um pioneiro na utilização da guitarra elétrica como instrumento principal, influenciando a estrutura da banda de rock moderna.

Estes cinco músicos escolheram a Fender Stratocaster pela sua versatilidade, tons diversos mas facilmente reconhecíveis, e capacidade de expressão. Outros artistas notáveis que usaram a Fender Stratocaster como veículo para a sua expressão foram Jeff Beck, Dick Dale, Rory Gallagher, Ritchie Blackmore, Yngwie Malmsteen, Richie Sambora, Bonnie Raitt, John Mayer, Mark Knopfler, H.E.R., Buddy Guy, Tom DeLonge, Cory Wong.

Cada um deles deixou uma marca indelével na música, demonstrando o poder e a expressividade da Stratocaster.

Fender
Squier Sonic Strat MN BK

Fender Squier Sonic Strat MN BK

A Influência Cultural da Fender Stratocaster

A importância da Fender Stratocaster transcende a sua função original como um instrumento musical. É um verdadeiro ícone cultural.

A silhueta distinta da Stratocaster é facilmente reconhecível, tornando-a um ícone instantaneamente identificável em todo o mundo. Por isso, aparece frequentemente em filmes, programas de TV, arte e moda, tornando-se um símbolo visual da cultura pop e da rebeldia musical.

Modelos personalizados da Stratocaster foram usados por artistas como Jimi Hendrix, Eric Clapton e David Gilmour, elevando seu status como objeto de culto. Algumas das guitarras a atingir valores de leilão mais elevados de sempre são Stratocasters.

O design da Stratocaster influenciou o desenvolvimento de muitas outras guitarras elétricas, estabelecendo-se como um padrão de design, sendo uma das guitarras mais vendidas e copiadas de todos os tempos.

Notas Finais

Guitarristas principiantes e profissionais reconhecem um Strat em qualquer situação, e vivem fascinados com as possibilidades sónicas que este modelo, criado em 1954, lhes oferece.

A Stratocaster carrega o fogo e a mística de todos os músicos que nela encontraram a ferramenta para se expressarem e fazerem vibrar quem ouve a sua música.

O Salão Musical tem ao vosso dispor Stratocaster para músicos de todos os níveis e orçamentos, desde modelos de entrada de grande qualidade para adicionarem à vossa coleção ou começarem uma, até modelos de edição limitada para quem quer um instrumento exclusivo de topo.

Visitem a nossa loja online e celebrem uma guitarra que sempre esteve à frente do seu tempo.

Stratocaster no Salão Musical

Guitarras Stratocaster no Salão Musical

Deixar um comentário
Deixar comentário
Faça login para inserir um comentário
Salão Musical de Lisboa Loja de instrumentos musicais desde 1958

Salão Musical de Lisboa

Crie uma conta gratuita para guardar produtos favoritos.

Registar