Os melhores filmes de música de todos os tempos

Os melhores filmes de música de todos os tempos

A música e o cinema têm uma relação muito especial: a banda sonora certa dá uma dimensão completamente diferente a um filme, e as imagens dão contextos a músicas que nunca imaginaríamos.

Mas o cinema gosta também da música como assunto, e pudemos ver isso nos Óscares deste ano, onde o filme La La Land reavivou a paixão de Hollywood por musicais e por músicos como personagens centrais. O realizador, Damien Chazelle, já se tinha destacado com outro filme onde a música era o centro das atenções: Whiplash. Vocês sabem, aquele do miúdo baterista e o diretor de orquestra implacável.

Há muito exemplos, mas deixamos aqui três clássicos do cinema sobre música, em três géneros diferentes: documentário, ficção, e um que fica no meio termo.

Last Waltz

Martin Scorsese filmou um dos concertos mais incríveis de sempre, a última atuação dos The Band, em 1976, no salão Winterland, em São Francisco.

Por entre as atuações de convidados como Eric Clapton, Muddy Waters, Bob Dylan, Neil Young ou Joni Mitchell, podemos ver os elementos de um dos grupos mais importantes dos anos 70 a falar sobre a sua história, a sua música, as suas anedotas de anos na estrada, num retrato intimista que encerra, de certa forma, uma era na música norte-americana.

Gostem ou não do género, o Last Waltz é um documento importantíssimo no cinema musical, e indispensável para todos aqueles que gostam de música.

This is Spinal Tap

Um dos filmes mais bizarros e com maior sucesso nos anos 80 foi este This is Spinal Tap, que acompanha uma banda de heavy metal (do que se fazia nos anos 80) inglesa, no seu regresso à estrada e empenhada em conquistar os Estados Unidos.

O filme é uma obra de ficção em formato de documentário, sobre personagens e eventos fictícios, que retrata a vida complicada - numa perspectiva cómica - das estrelas de rock da altura. Aos Spinal Tap tudo pode acontecer, especialmente aos bateristas.

Apesar de já estar um pouco datado, é um excelente retrato do que era ser uma quase estrela rock nos anos 80.

Quase Famosos (Almost Famous)

Por falar em quase estrelas, este filme de Cameron Crowe é a visão cómico-romântica da vida de uma banda rock em ascensão, nos anos 70, pelos olhos de um adolescente que, inesperadamente, se vê como jornalista da Rolling Stone.

Baseado na experiência semelhante que Crowe teve quando seguiu os The Allman Brothers Band, este filme recebeu muitos elogios da crítica e ótimos resultados de bilheteira. A história anda à volta da vida pessoal dos músicos da banda, das suas relações com o estrelato, com os excessos, com os fãs (e as groupies), ao mesmo tempo que é uma narrativa sobre a chegada à vida adulta.

Muito divertido, cheio de boa música, Quase Famosos é um daqueles filmes que todos os aspirantes a músicos deveriam ver porque, apesar de hoje em dia as coisas serem bastante diferentes, ainda há questões que se mantêm.

Podíamos ter incluído aqui o A Hard Days Night, 8 Mile, Walk the Line, e tantos outros, mas estes três filmes são um bom começo. Que outros filmes recomendam?

Se não são de ficar a ver filmes, visitem o Salão Musical para ver a oferta que temos em instrumentos, para criarem não só a vossa música mas também a vossa história.

Publicado no dia 2017-07-04 por Salão Musical de Lisboa Atualidade 0 226
Tag: música

Deixar um comentárioDeixar uma resposta

Tem que ter a sessão iniciada para poder comentar este artigo.

Procurar no blog

Categorias do blog

Sem produtos

A ser calculado Portes de envio
0,00€ IVA
0,00€ Total

O preço incluí IVA

Pagar