Acordeão Pop, indie e rock

Acordeão Pop, indie e rock

Têm uma banda indie? Querem ser alternativos? Tenham um acordeão na formação. Ah pois, que dar ao fole não é só para arraiais populares.

O acordeão é um instrumento muito versátil e é pop - como em “popular” - desde a sua génese, mas rapidamente ganhou espaço na música mais erudita, por ser um instrumento harmonicamente complexo e cheio de potencial musical, graças aos seus timbres ricos. Mesmo assim, há ainda quem tenha algum preconceito.

Mas ouçam com atenção as próximas músicas.

Arcade Fire - Neighborhood #2 (Laika)

Os Arcade Fire têm imensos seguidores em Portugal, que veneram esta banda canadiana. E têm razão para isso. Esta orquestra indie - são mesmo uns poucos de músicos que fazem parte da banda - entrou de rompante com as suas canções de estrutura convencional mas de sonoridade alternativa. Que, em português, significa que têm um som diferente mas não são difíceis de ouvir.

Neste exemplo, os Arcade Fire entregam ao acordeão a melodia principal, destacando-se sobre os outros instrumentos, tocados discretamente de forma percussiva. Outra escolha não daria aquele tom nostálgico, mas ao mesmo tempo alegre, desta canção. Há hipsters que nunca tiveram consciência que andaram a dançar ao som de acordeão aos sábados à noite.



Beirut - A Candle’s Fire

Os Beirut são uma banda bastante eclética, que fazem músicas belíssimas usando instrumentos que não se esperam ouvir numa banda indie rock, como uma secção de metais. A exuberância sonora dos Beirut é temperada com o bom gosto que aplicam nas suas composições, e esta canção é um excelente exemplo da sua qualidade musical.

O acordeão aparece de forma subtil, dando o mote ao tema, e é o que segura a harmonia da canção. Podia ser um teclado? Podia, mas só um acordeão respira assim, e todo o balanço desta música vive desse pormenor.



The Beach Boys - God Only Knows

Os Beach Boys são uma das bandas mais reverenciadas e referenciadas do século XX e ainda exercem a sua influência hoje em dia. Usaram todos os instrumentos que podiam para cumprir a visão musical de Brian Wilson, inclusivé - vejam se adivinham - o acordeão.

Este clássico intemporal tem uma dúzia de instrumentos que não se associariam normalmente a um música pop - há de tudo, desde trompa a violoncelo, mas não há guitarras. É nesta cama harmónica de textura muito agradável que as vozes celestiais de Carl e Brian Wilson se deitam, e nos dão vontade também de rolar para o lado para só ficarmos mais um bocadinho naquele conforto.

O acordeão foi também usado noutro tema icónico da banda, “Wouldn’t it be nice”. Apostamos que nunca repararam nisso.



Panic! at the Disco -  I Write Sins Not Tragedies

Os Panic! at the Disco gostam das suas guitarras mas também gostam de incluir outros instrumentos nas suas composições que não são necessariamente os instrumentos mais comuns no pop-rock. Aliás, para fazer o álbum onde se inclui esta música, os Panic! tinham um orçamento tão baixo que tiveram que contratar adolescentes que faziam parte de bandas de escola para gravar a instrumentação. Não sabemos se foi um deles que gravou o acordeão, mas ele está lá.



Talking Heads - Road to Nowhere

Neste clássico da banda pop que esticou os limites do género até onde podia, o acordeão é uma peça fundamental e deve haver muita gente que já ouviu esta música milhares de vezes e nunca percebeu isso.

O coro inicial dá o mote, com a harmonização em tudo semelhante ao som de um acordeão. E um coro faz todo sentido, estamos todos de acordo com o sentimento geral da canção (acordo, acordeão - viram o que fizemos aqui?). É o instrumento perfeito para contrastar com o sentimento desolador da letra, fazendo desta jornada para lado nenhum uma alegria. Não costumam dizer que a festa não começa sem um acordeão?

Existem dezenas de outros exemplos de canções rock e pop que integram o acordeão na sua linguagem como se fosse natural de lá, mas não vamos ser muito exaustivos. Aceitamos sugestões na caixa de comentários, se quiserem partilhar.

O acordeão também pode ser usado para pegar nesses estilos e interpretar algumas canções famosas, e se calhar ainda fazemos um artigo sobre isso. Para já, fiquem com este exemplo delicioso.

Querem incluir um acordeão na vossa banda indie, pop ou rock? O Salão Musical de Lisboa tem acordeões de alta qualidade a preços muito acessíveis. E levem a festa para o lado alternativo.

Publicado no dia 2019-02-01 por Salão Musical de Lisboa Atualidade 0 308

Deixar um comentárioDeixar uma resposta

Tem que ter a sessão iniciada para poder comentar este artigo.

Procurar no blog

Categorias do blog

Sem produtos

A ser calculado Portes de envio
0,00€ IVA
0,00€ Total

O preço incluí IVA

Pagar