As 7 peças mais difíceis para guitarra clássica

As 7 peças mais difíceis para guitarra clássica

Foto: zibik / Unsplash

A música clássica tem fama de ser complicada e tecnicamente exigente. Estas peças dão razão a essa reputação.

A guitarra é um instrumento musical que é fácil de aprender a um nível básico, mais do que suficiente para tocar milhares de músicas sem necessidade de virtuosismo. Mas também é o veículo para algumas composições tão complexas e difíceis de tocar que só estão ao alcance de alguns executantes.

A guitarra clássica tem no seu repertório peças que desafiam a capacidade técnica e musical dos intérpretes, e vamos dar aqui alguns exemplos. Como sabemos que a noção de dificuldade é relativa, esta lista não é definitiva.

Mais do que interpretações difíceis, queremos partilhar convosco interpretações de mestre, porque a técnica é apenas uma ferramenta para se fazer música com alma.

Lista de músicas

Capricho Diabolico Op.85 - Mario Castelnuovo-Tedesco

Invocación y Danza - Joaquín Rodrigo

The Fire Cadenza - Lawson Rollins

Agustín Barrios Mangoré

La Catedral

Un Sueño en la Floresta

El Decameron Negro - Leo Brouwer

Caprice no. 24 . Nicolò Paganini

Notas finais

Capricho Diabolico Op.85 - Mario Castelnuovo-Tedesco

Começamos com uma peça que é um tributo a outro grande compositor: Capricho Diabolico, composto por Mario Castelnuovo-Tedesco em homenagem a Nicolò Paganini.

Castelnuovo-Tedesco é um dos maiores compositores de música para guitarra clássica do século XX. Nascido em Itália, emigrou em 1939 para Hollywood, onde escreveu música para mais de 200 filmes da Metro-Goldwyn-Mayer.

Escreveu esta peça em 1935, especialmente para ser interpretada por Andrés Segovia. Neste caso, é Tariq Harb que assume a difícil tarefa de a tocar.

alt_text

Guitarra Clássica Paco Castillo 205 Cedro Pau Santo Maciço

Invocación y Danza - Joaquín Rodrigo

Nascido a 22 de Novembro de 1901 em Sagunt, Espanha, Joaquín Rodrigo estudou música em Valenciae, mais tarde, em Paris. Foi aí que conheceu Manuel de Falla, outro músico nativo de Cádiz 15 anos mais velho, com quem estabeleceu uma grande amizade.

Graças a de Falla, Rodrigo conseguiu divulgar o seu talento como compositor e obter uma bolsa que lhe permitisse prosseguir os seus estudos em Paris, nos anos 30. Em homenagem a esta amizade, Rodrigo compôs esta peça em 1961, que podemos ver aqui interpretada por Denis Azabagic.

The Fire Cadenza - Lawson Rollins

Esta peça é curta mas deslumbrante pela destreza técnica do compositor/intérprete Lawson Rollins. Considerado como um dos 50 melhores guitarristas de sempre, Rollins oferece uma sensacional demonstração das suas capacidades técnicas com esta interpretação que mais parece tocada numa guitarra eléctrica do que numa guitarra clássica.

Não é uma peça para puristas mas não deixa de ser deslumbrante.

alt_text

Guitarra Clássica Alhambra 7PA Abeto Pau Santo Largura Concerto

Agustín Barrios Mangoré

Agustín Barrios Mangoré compôs algumas das peças mais complexas e exigentes para guitarra clássica, por isso tem duas referências nesta lista. Nascido em 1885,no Paraguai, Barrios Mangoré foi um dos compositores e guitarristas mais importantes do século passado.

Temos duas provas da sua capacidade inventiva e exigência técnica: La Catedral, aqui tocada pela fantástica Ana Vidovic, e Un Sueño en la Floresta, interpretada por David Russell.

La Catedral

Un Sueño en la Floresta

El Decameron Negro - Leo Brouwer

Leo Brouwer é um compositor e guitarrista contemporâneo, nascido em Havana, Cuba, em 1939. Cresceu numa família musical: é neto de uma das compositoras mais importantes de Cuba e o tio-avô é o compositor de La Malagueña, um clássico da música latino americana que toda a gente já ouviu uma vez na vida.

Brouwer começou na música tradicional mas depois enveredou por linguagens mais modernas e de vanguarda. Os seus trabalho para guitarra solo são considerados como algumas das peças mais difíceis de tocar, acessíveis apenas a músicos de alto nível.

Esta interpretação de Evangelos Assimakopoulos é qualquer coisa de especial.

alt_text

Paco Castillo 240 Guitarra Clássica Cedro Pau Santo Maciço

Caprice no. 24 . Nicolò Paganini

Como já dissemos noutra ocasião, Paganini era também um guitarrista excepcional que andava com a sua guitarra para todo o lado. Uma das peças que mais fascinaram guitarristas ao longo dos últimos 250 anos foi este Caprice no.24, aqui numa interpretação impressionante de Way Lee.

Notas finais

Estas peças são consideradas difíceis por algumas passagens que têm, pelas técnicas utilizadas, pela velocidade de algumas partes. Mas a música não deve ser difícil por ser difícil, mas pela complexidade musical que se desenvolve ao longo da sua execução e pelo que exige do intérprete usar o seu instrumento para transmitir as ideias e emoções do compositor. É que a técnica aprende-se, o sentimento desenvolve-se.

De certeza que existem outras peças que serão consideradas ainda mais difíceis, mas estas são um bom ponto de partida.

O Salão Musical é também o vosso ponto de partida para adquirirem a guitarra clássica dos vossos sonhos, estejam a começar ou mais avançados na vossa viagem musical. Visitem a nossa loja online e vejam as guitarras clássica que temos para vocês.

Guitarras clássicas no Salão Musical

Publicado no dia 2022-08-11 por Salão Musical de Lisboa Cordas 0 273

Deixar um comentárioDeixar uma resposta

Tem que ter a sessão iniciada para poder comentar este artigo.

Sem produtos

A ser calculado Portes de envio
0,00€ IVA
0,00€ Total

O preço incluí IVA

Pagar