Ritmos Latinos:  da rumba ao tango, salsa, merengue e mambo

Ritmos Latinos: da rumba ao tango, salsa, merengue e mambo

Foto: Marko Zirdum

A música latino-americana tem poderes mágicos capazes de fazer mexer o mais frio dos mortais. O segredo está nos ritmos contagiantes que fazem menear a anca sem darmos por ela, transformar qualquer conversa normal numa discussão acesa ou um encontro casual numa paixão intensa.

Mas a América Latina é muito grande e cheia de tradições musicais diferentes.Venham conhecer alguns dos ritmos latinos que mais agitam os corpos por esse mundo fora, e as suas inesperadas origens.

Tabela de conteúdos

Origens dos ritmos latinos: da corte para a plantação

Son clave: a base do ritmo latino

Bachata

Cúmbia

Merengue

Salsa

ChaChaCha

Rumba

Mambo

Tango

O ritmo Moçambique

Origens dos ritmos latinos: da corte para a plantação

O ritmo é o que faz dançar. Mas as danças que trouxeram os ritmos para a América do Sul e Caraíbas tiveram origem na Europa, mais especificamente, na corte de Luís XIV, no século XVII. A loucura da época ainda não era a Macarena, mas as quadrilhas e contradanças.

Como a corte francesa era a casa dos influencers dessa altura, rapidamente essas danças foram levadas para outras cortes, como a espanhola, que as transmitiu para as suas colónias caribenhas: Cuba, República Dominicana, Haiti.

As colónias europeias foram construídas e exploradas à conta do trabalho de escravos de origem africana, que levaram com eles a sua própria música, danças religiosas e ritmos. Os povos que maior expressão tiveram eram originários dos atuais Camarões e Nigéria.

As contradanças da corte ganharam assim outra vida nas plantações de cana de açúcar caribenhas, criando novos estilos e expressões musicais.

E, ainda hoje, dão vida a salões de dança por esse mundo fora.

Son clave: a base do ritmo latino

Em Cuba desenvolveu-se uma enorme variedade de ritmos, que fazem com que a música cubana seja uma das mais diversas e interessantes tradições musicais.

A base fundamental do balanço latino-americano é o son clave, nas suas variações 3:2 ou 2:3 (rumba clave). o compasso com três pulsações é chamado de tresillo. Todos os ritmos latino-americanos são construídos como resposta a este metrónomo em desequilíbrio.

O son clave é simples: distribuem-se três tempos num compasso e dois num segundo. Isto cria um desfasamento e um balanço sincopado com espaços que podem ser preenchidos com outros elementos e padrões percussivos.

Par Clavas LP LP262 | Salão Musical

Par Clavas LP LP262 | Salão Musical

Se ouvirmos com atenção, o son clave, ou qualquer uma das suas variações, está presente na maioria dos ritmos da música latino-americana.

Estes são alguns dos mais populares.

Bachata

A bachata nasceu na República Dominicana durante a década de 1960. É uma mistura de bolero com chá-chá-chá e tango.

O nome vem do espanhol, que significa "reunião social”. A bachata tem uma história social muito complicada, com raízes nas classes baixas da ilha caribenha. Era uma música romântica tocada à guitarra nos cabarés/bordéis da República Dominicana como banda sonora para dramas de faca e alguidar. Faz lembrar um estilo que nos é familiar não faz?

A bachata evoluiu para estilos modernos completamente diferentes e hoje é uma das bandeiras turísticas dessa nação das Caraíbas. Podem explorar a história da bachata aqui. Acreditem que vale a pena.

O ritmo base da bachata é simples, e fácil de aprender.

Bongos LP M201 AWC Matador | Salão Musical

Bongos LP M201 AWC Matador | Salão Musical

Cúmbia

A cúmbia é um estilo musical com origem na Colômbia e que mistura as tradições indígenas, europeia e africana.

Popularizou-se nos anos de 1950, apesar de ter sido mal vista nos seus primórdios: as primeiras manifestações deste estilo foram consideradas como imorais pela sociedade colombiana. Mas 1960 acabou por ser a década dourada da cúmbia, com imensos artistas a interpretar e a desenvolver este estilo.

Na sua base rítmica está um ritmo chamado cascara, que é mais uma variação do son clave.

Jam block LP LP1207 | Salão Musical

Jam block LP LP1207 | Salão Musical

Merengue

Merengue é o ritmo nacional da República Dominicana mas que se tornou muito popular em toda a América Latina. Surgiu em meados de 1800, e era originalmente tocado com instrumentos de cordas europeus (bandurria e viola).

Tornou-se no estilo musical oficial da ilha caribenha por imposição de Rafael Trujillo, o ditador que governou a nação de 1930 a 1961. Nos Estados Unidos, foi popularizado pela primeira vez por grupos baseados em Nova York, constituídos por expatriados dominicanos.

O merengue acabou por se infiltrar na música norte-americana, inclusive no jazz.

Bateria
Gretsch Catalina Club Classic | Salão Musical

Bateria Gretsch Catalina Club Classic | Salão Musical

Salsa

Durante muito tempo, o nome salsa serviu para designar qualquer estilo de música latino-americana. Não há dúvida que toda a música latina tem um gostinho especial, mas a salsa apenas foi reconhecida como um estilo de mérito próprio na década de 1970.

As características que a tornam única são a origem cubana, especialmente num subgénero chamado son montuno, e as influências da música da América do Norte. A comunidade cubana exilada nos Estados Unidos usou a salsa como identidade musical, chegando a ser uma das vertentes de maior sucesso da música pop dos anos 80. Ainda se lembram da Gloria Estefan e dos Miami Sound Machine?

Aqui fica um exemplo de como os vários instrumentos de percussão trabalham em conjunto para criar um ritmo salsa.

Choca LP ES 17 Salsa Timbale Cowbell | Salão Musical

Choca LP ES 17 Salsa Timbale Cowbell | Salão Musical

ChaChaCha

Este estilo musical foi feito para dançar, e é à dança a que normalmente associamos este nome. É mais um estilo musical cubano, baseado no ritmo do danzón-mambo, outro estilo popular tocado pelas bandas de Cuba.

O que diferencia o cha-cha-chá do danzón é a base rítmica que dá nome ao gênero. Melhor do que explicar, é ouvir.

Reco Reco LP LP249 Cuban Style | Salão Musical

Reco Reco LP LP249 Cuban Style | Salão Musical

Rumba

A rumba é uma adaptação norte-americana de vários ritmos cubanos. Surgiu no final do século XIX mas foi preciso chegar à década de 1920 para ser combinada combinada com elementos de son.

Emocionante e exótica, a rumba de salón tornou-se popular nas casas noturnas e cabarés da Europa. “Rumba ” é uma palavra cubana que quer dizer festa. É altamente baseada em percussão animada, rápida e sincopada, com ênfase nos contratempos e polirritmias complexas ou múltiplos padrões rítmicos.

É um dos estilos mais interessantes para qualquer percussionista.

Par de Congas LP LPA646B-AW | Salão Musical

Par de Congas LP LPA646B-AW | Salão Musical

Mambo

O mambo partilha raízes e história com o Cha Cha Cha e o danzón. A grande diferença é que incorporou as sonoridades do swing e do jazz norte-americanos, transformando-se numa música de dança que contagiou os públicos das décadas de 1930 e 40, nos Estados Unidos.

Houve uma loucura à volta do mambo, sendo o estilo musical favorito para se dançar nessa época. Tito Puente foi um dos seus maiores expoentes e, atualmente, deve fazer parte do vocabulário de qualquer percussionista profissional.

Timbales LP LP257 KP 14 15 Karl Perazzo Signature| Salão Musical

Timbales LP LP257 KP 14 15 Karl Perazzo Signature| Salão Musical

Tango

O tango é a dança dramática da Argentina, com toques de flamenco e folclore sul americano.

Surgiu na Argentina e no Uruguai a partir de meados do século XIX, na confluência das comunidades africanas e dos seus ritmos e dos instrumentos e técnicas levadas pelos emigrantes europeus no século XX.

Era a música favorita de bandidos e gangsters que frequentavam casas de reputação duvidosa. As danças complexas que surgiram a partir de uma música tão rica refletem sexualidade, emoção e agressividade.

A música era tocada em instrumentos portáteis: trios de flauta, violão e violino, chegando o bandoneón no final do século XIX.

A percussão no tango é simples, mas fundamental para manter a tensão ao longo de toda a música.

Par de Baquetas LP LP248C | Salão Musical

Par de Baquetas LP LP248C | Salão Musical

O ritmo Moçambique

O ritmo moçambique é um ritmo cheio de energia que era tocado nos carnavais de rua cubanos, e que tem algumas semelhanças com o samba.

Foi adotado por diversos líderes de orquestra cubanos e até Santana o usa nas suas composições. É um excelente exemplo de como um ritmo se consegue espalhar para outros estilos, sendo até aplicado por Steve Gadd.

Cabaça LP LP483 Pro Shekere Fibra | Salão Musical

Cabaça LP LP483 Pro Shekere Fibra | Salão Musical

Qual é o vosso ritmo favorito? Seja ele qual for, temos os instrumentos que precisam para o tocar. Basta darem uma espreitadela na nossa loja online. Temos tudo o que precisam para pôr toda a gente a bailar ao som dos ritmos quentes da América Latina.

Vejam todos os instrumentos de percussão no Salão Musical

Publicado no dia 2022-12-14 por Salão Musical de Lisboa Atualidade, Percussão 0 338
Tag: percussão

Deixar um comentárioDeixar uma resposta

Tem que ter a sessão iniciada para poder comentar este artigo.

Sem produtos

A ser calculado Portes de envio
0,00€ IVA
0,00€ Total

O preço incluí IVA

Pagar